contato@rzturismo.com.br   (51) 3028-6144 (48) 3254-4035 (11) 4063-3940 (41) 4063-9644 (21) 4063-5153 (48) 99170 3421
default-logo

Bariloche, ou San Carlos de Bariloche, é uma cidade a localizada na Província de Río Negro, junto à Cordilheira dos Andes, na fronteira com o Chile.

Bariloche fala por si só! A região é lindíssima, rodeada de lagos, montanhas nevadas e paisagens espetaculares!

É conhecida por nós, brasileiros, como destino de inverno para a prática de esportes de neve, porém é uma ótima opção para viajar nas outras estações do ano pois é possível aproveitar o encontro das montanhas com os lagos para praticar todo tipo de esportes como escalada, caminhadas, caiaquismo, rafting, entre outras.

Como chegar

Saindo do Brasil, na maioria dos casos, é necessário fazer uma conexão em Buenos Aires tanto na ida quanto no retorno para chegar no Aeroporto de Bariloche (BRC).

Ele está a aproximadamente 13 quilômetros do centro da centro da cidade, e também é conhecido como Aeroporto Internacional de Bariloche Tenente Luis Candelaria.

Dependendo do horário de chegada / saída em Buenos Aires, por conta das conexões, será necessário pernoitar na capital.

Opções de Hospedagem

Existem muitas opções de hospedagem em Bariloche, espalhados por toda a cidade e para todos os bolsos.

Confira abaixo alguns hotéis, caso queira fazer uma cotação ou verificar outras opções, contate-nos!

A montanha

O Cerro Catedral está a 20km do centro da cidade e chega até 2.100 metros acima do nível do mar.

São 35 pistas que vão do nível iniciante até expert:

Pistas Verdes (Iniciantes): 5
Pistas Azuis (Intermediárias): 11
Pistas Vermelhas (Avançadas): 14
Pistas Pretas (Experts): 5

A base do Cerro Catedral conta com uma super estrutura: centro comercial, shopping, várias opções de escolas de esqui e snowboard e locais de aluguel de equipamentos, além de muitas lojas de artigos esportivos. O ideal é reservar todos os opcionais com antecedência.

Caso fique hospedado na cidade, nos dias que quiser ir para a montanha podemos incluir no pacote um transfer que vai pela manhã e retorna no final do dia, assim como os passes de ski, locação de equipamentos e/ou aulas.

Algumas escolas oferecem programas especiais, só para as crianças, de dia inteiros ou de meio dia. Fora do horário da aula ainda dá para brincar no kid’s club do Cerro Catedral. Há também uma creche, com custo à parte, para bebês e crianças de até 3 anos.

O que fazer além do esporte

Em Bariloche existem diversas opções de passeios, os mais famosos são o Circuito Chico e a Rota dos 7 Lagos, vale a pena tirar alguns dias para aproveitar a região, os restaurantes, patinar no gelo, etc… Todos são fantásticos!

O Circuito Chico é um passeio bem tradicional em Bariloche:  é de fato um circuito, onde você sai do centro da cidade e percorre 60 quilômetros, chegando no famoso Hotel Llao Llao. Nesse percurso passa por lugares como a Avenida Bustillo, o lago Nahuel Huapi, o Cerro Campanário, a Capela San Eduardo, entre outros. O passeio varia de acordo com o roteiro e o tempo do trajeto que você escolher.

Circuito Chico

A Rota dos 7 Lagos é um dos passeios mais solicitados: dura o dia inteiro, a saída é as 8h. O tour vai até a cidade de San Martin de Los Andes, conhecida como Chapelco, a 200km ao norte de Bariloche. Durante a viagem são feitas algumas paradas nos mirantes dos 7 lagos, porém apenas 5 dos 7 lagos possuem mirante, então de fato são 5 paradas. No começo da tarde chega-se em San Martin de Los Andes, a parada é de quase 2h30min para almoçar e passear. A cidade é bem pequena, mas linda, bem em frente ao Lago Lacar. Na volta tem mais uma parada em Villa la Angostura, a 80km de Bariloche, um vilarejo lindo e com paisagens belíssimas também.

Rota Sete Lagos

Piedras Blancas é uma “estação de neve” em Bariloche onde você pratica o esquibunda (ou a chamada descida com trineo). É um ponto turístico super recomendado para famílias e crianças, há pistas com diferentes níveis de dificuldade. Lá é possível também pode subir no teleférico e curtir a vista da parte de cima de Piedras Blancas.

Piedras Blancas

O Cerro Otto é um passeio bem típico de quem visita Bariloche. É uma montanha acessada por um teleférico fechado (gondola) que leva 4 pessoas por vez. Lá no topo é possível ver neve, praticar esquibunda, fazer caminhadas e conferir a Confeitaria Giratória. Dá para tirar muitas fotos e é possível subir o ano todo. A confeitaria é a única giratória da América do Sul.

Cerro Otto

Cerro Campanário é uma montanha com 1050 metros de altura, às margens do lago Nahuel Huapi. O acesso é por um teleférico de cadeirinha, a subida dura pouco mais de 7 minutos e a vista é considerada por muitos como a mais bonita da região. Lá no topo tem uma cafeteria para tomar um café, chocolate quente e comer waffles.

Cerro Campanario

Gastronomia

Comer em Bariloche é uma atração a parte. Os restaurantes servem a legítima carne argentina e também há muitas opções de fondue, principalmente no inverno. A cozinha da Patagônia tem influências argentinas e europeias e muitos servem os famosos cordeiros e a truta.

Outro destaque são as chocolaterias, pois Bariloche é a capital nacional do chocolate. Os visitantes podem conhecer as fábricas e ver de perto como o produto é feito, inclusive existe um museu dedicado ao chocolate.

Bariloche também é conhecida pelas cervejarias artesanais: Bariloche produz cervejas artesanais há quase 100 anos. Em 2017 e 2018 foram abertas mais de uma dezena de novas cervejarias, além das já tradicionais.

E por fim as tradicionais casas de chá. Muitas delas ficam na Avenida Bustillo, à beira do lago Nahuel Huapi. Oferecem diversas infusões acompanhadas de deliciosos doces, pães caseiros e bolos.

Solicite um orçamento

Nome (obrigatório)

Email (obrigatório)

Telefone

Número de pessoas

Cidade de embarque

Cidade de Destino

Data de ida

Data de retorno

Mensagem

Open chat
Entre em contato agora mesmo